Neste artigo iremos comparar 2 das plataformas e-commerce mais conhecidas no mundo, e frequentemente usadas no mercado de E-commerce em Portugal.

A escolha da plataforma a ser utilizada em lojas digitais é um passo importante para todo o desenvolvimento e sucesso dos negócios digitais.

É novato neste universo de e commerce? Este artigo é de leitura obrigatória!

CMS = Content Management System, ou seja, sistema de gestão de conteúdos.
É uma plataforma para criar, editar, gerir e publicar conteúdos em plataformas digitais. É um motor de sites que contém todos os recursos que precisa para atualizar os conteúdos e-commerce. Tudo o que precisa fazer é desenvolver ou comprar um tema que personalize o seu site. O uso de um CMS torna possível criar sites a um custo reduzido.

Open Source = “Promove o licenciamento livre para o design ou esquematização de um produto, e a redistribuição universal desses, com a possibilidade de livre consulta, examinação ou modificação do produto, sem a necessidade de pagar uma licença comercial, promovendo um modelo colaborativo de produção intelectual (definição Wikipédia).”
É gratuito, no entanto, tem o direito de ser revendido. Uma das vantagem de usar uma fonte aberta CMS é que, o prestador que ficar encarregue de a instalar não será proprietário, ou seja, nunca ficará permanentemente vinculado ao prestador. Outra boa notícia é que a maioria das agências digitais domina CMS’s, portanto, poderá mudar com alguma facilidade de fornecedores.

Woocommerce e Prestashop são dois CMS OPen Source.

 

→ O que irá descobrir neste artigo:

O que é WooCommerce?

WooCommerce é um plugin WordPress que permite a venda online de produtos ou serviços online. Poderá gerir os pedidos de clientes, stocks e todos os produtos sem ter conhecimentos técnicos de programação.

Número de sites que utilizam o WooCommerce: cerca de 60 milhões. O WooCommerce aproveita a popularidade do WordPress. (fonte Wikipedia)

 

 

O que é PrestaShop?

Prestashop é uma solução de comércio eletrónico de código aberto que permite a venda online de produtos ou serviços online. Poderá gerir os pedidos de clientes, stocks e todos os produtos sem ter conhecimentos técnicos de programação.

Número de sites que usam Prestashop: 270,000 em 60 idiomas (fonte Wikipedia)

 

 

WooCommerce vs Prestashop, qual a melhor plataforma?

Não existe uma resposta clara.
A melhor plataforma depende do tipo de loja online que pretende lançar e da dimensão do seu negócio.

Em primeiro lugar defina bem a estratégia e o que pretende alcançar a longo prazo. Como qualquer decisão importante, deverá pensar que objetivos pretende alcançar de forma consciente, para que as decisões tomadas hoje possam adequar-se ao crescimento do seu negócio!

Li-Nó Design aconselha WooCommerce para:

  • Lojas com pequenas quantidades de produtos (<150) para fácil gestão de stocks
  • Lojas em que o Design é crucial para a marca
  • Lojas que não tenham uma gestão de taxas tributárias complexas
  • Lojas em que o Blog ocupa um lugar importante
  • Lojas que têm um orçamento limitado

Li-Nó Design aconselha Prestashop para:

  • Lojas com elevado volume de produtos (gestão de stocks mais complexo)
  • Lojas em que a gestão de línguas, moedas e impostos é mais complexa
  • Lojas com grande potencial de evolução e/ou que seja previsível a necessidade de agregar várias lojas online no mesmo backoffice

Vantagens e desvantagens do WooCommerce

Vantagens WooCommerce

  • Fácil utilização. Poderá adicionar produtos e conteúdos com grande facilidade.
  • É fácil alterar o conteúdo do site, criar páginas e artigos, alterar o rodapé (footer), menus ou conteúdos das sidebars com a habitual flexibilidade do WordPress.
  • Graças à sua extensa comunidade existem muitos temas e plugins para WooCommerce. Os preços são acessíveis e rondam em média 60 €/tema e 40 €/plugin.
  • Acesso ao código, capacidade de adicionar/alterar recursos.
  • Dado ser uma ferramenta open-source a comunidade que contribui para o WordPress é muito importante. Terá muitas informações ao seu dispor.
  • Ferramenta amplamente conhecida pela comunidade de técnicos e desenvolvedores Web.
  • Fácil executar atualizações. O site seguirá a evolução do WordPress e Plugins.

Desvantagens WooCommerce

  • Por questões de escala, esta plataforma não se adequa a lojas online de grandes dimensões. Se a longo prazo prevê um grande crescimento da sua loja online… WooCommerce poderá não ser a melhor escolha.
  • Gestão simplista de Stocks. No caso de trabalhar com múltiplos fornecedores e com grandes quantidades de produtos, esta gestão tende a ser mais demorada com WooCommerce.
  • Recursos complexos inexistentes.
  • Manutenção não incluída.
  • Menos recursos básicos do que o Prestashop.
  • Não é fácil gerir manualmente a ordem dos produtos dentro de cada categoria.
  • Não possibilita a gestão de várias lojas digitais num só local.
  • Nem todos os temas e plugins do WordPress são compatíveis com o WooCommerce.
  • O desenvolvimento de um módulo original é limitado às possibilidades do WordPress
  • Inexistência de suporte multilingue.
  • A Conexão a Marketplaces (por exemplo eBay, Amazon etc) só é possível através de um plugin.
  • Sites da rede WordPress são alvos preferidos de ataques de segurança. Terá, por esta razão, de acrescentar um plugin de segurança pago.
  • E-mails trocados com clientes da página de contato não são conservados.

 

Vantagens e desvantagens da PrestaShop

Vantagens PrestaShop

  • Back-end orientado para uma visão geral do negócio e-commerce: visão de produtos, pedidos, serviço pós-venda, stocks, etc. O painel inicial indica imediatamente a gestão de vendas. Muitos recursos de comércio eletrónico estão incluídos na instalação.
  • Gestão avança de stocks permitindo operações em vários produtos ao mesmo tempo.
  • Gestão avançada de inventários.
  • Possibilita a gestão de várias lojas digitais num só local.
  • Acesso ao código: possibilidade de desenvolver módulos específicos para sua atividade.
  • Open source: seleção alargada de plugins e temas.
  • Facilidade em internacionalizar negócios (impostos, moedas, idiomas, formatos).
  • Estatísticas avançadas sobre a performance da sua loja online.
  • Suporte multilingue.
  • Conexão a Marketplaces (por exemplo eBay, Amazon etc).
  • Gestão avançada de serviço pós-venda com acompanhamento de trocas de e-mail, conexão à caixa de e-mail pelo IMAP.

Desvantagens PrestaShop

  • Instalação mais complexa.
  • Temas e plugins tendem a ser mais caros. Em média: 70 €/tema, 90 €/plugin.
  • É mais difícil alterar o conteúdo dos menus, rodapé (footer) e side bars. A gestão de conteúdos é menos intuitiva do que no WordPress.
  • Recursos limitados do blog ou necessidade de instalação de plugins.
  • Atualizar módulos é arriscado. As atualizações tendem a ser dispendiosas.
  • Desenvolver um tema específico é mais dispendioso dado que o desenvolvimento leva mais tempo.

 

Despesas WooCommerce

  • WordPress + WooCommerce plugin: Gratuito.
  • Alojamento: a partir de 10 € / mês.
  • Compra do nome de domínio: cerca de 15 € / ano.
  • Compra de um tema: a partir de 60€.
  • Compra de plugins específicos de acordo com suas necessidades (2 em média, incluindo 1 de segurança): 75€.
  • Desenvolvimento de um tema específico (caso não queira comprar um tema) – Design e Desenvolvimento incluído, desde 3000 €.
  • SSL (site seguro em HTTPS): pode ser incluído no alojamento, se não for o caso, entre 10 a 20 € por ano para os primeiros preços.
  • Plugin multilingue pago, Polylang ou WPML, respetivamente 99€ e 79 €.

Despesas PrestaShop

  • Prestashop: grátis
  • Alojamento: cerca de 15 € / mês
  • Compra do nome de domínio: cerca de 15 € / ano
  • Compra de um tema: a partir de 70 €
  • Compra de plugins específicos de acordo com suas necessidades (2 em média): cerca de 180€.
  • Desenvolvimento de um tema específico (caso não queira comprar um tema) – Design e Desenvolvimento incluído, desde 6000 €.
  • SSL (site seguro em HTTPS): pode ser incluído no alojamento, se não for o caso, entre 10 a 20 € por ano para os primeiros preços.

WooCommerce vs Prestashop, qual a solução mais segura?

WooCommerce: É uma plataforma suscetível de ser atacada. Por essa razão necessita de atualizações regulares. É aconselhável utilizar uma solução anti-spam/force attack.
PrestaShop: Plataforma mais segura. É possível ocorrer pequenos ataques, mas é uma solução bem protegida quando o tema é devidamente criado.

No entanto, é possível, tanto no WooCommerce como na PrestaShop aumentar a segurança através de plugins.

Manual de E-commerce em Portugal

Artigos recomendados:


Comece já o seu negócio online!
Solicite-nos um orçamento para a criação da sua loja digital.

Joana
por Joana
Content Manager

PARTILHAR